terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Hugo, No Limit! | Deficiente Ciente

Hugo, No Limit! | Deficiente Ciente
hugo2Seus pais chegaram e, após mais de seis horas de cirurgia, Hugo foi encaminhado para a UTI, onde só acordou após 15 dias. Quando acordou, sem noção do tempo transcorrido, quis se levantar, pegar suas roupas e sair dali, mas percebeu que estava “ligado” a um respirador artificial. Até aquele momento ele ainda não sabia, mas respirar artificialmente seria o menor dos meus problemas.
Hugo presenciou a morte de todos os seus “companheiros de UTI”, desenvolveu uma úlcera estomacal, precisou voltar para a mesa de cirurgia, passou por um quadro de infecção generalizada, pneumonia e teve mais de 10 paradas cardiorrespiratórias. Contrariando as expectativas dos médicos e confirmando as suas esperanças e as de sua família, ele venceu.
.
hugo1Atleta competitivo, ganhador de muitos prêmios na natação, agora, para ele, o esporte tinha outro cenário: as mesas de poker. Foi no PokerStars que Hugo viu sua chance de competir de igual para igual, sem que suas limitações físicas fossem, literalmente, vistas. Ali, na tela do computador, ele era um jogador como os outros. O desejo de vencer, de conquistar o 1º lugar estava de volta (e possível) para ele.
Em 2010, mudou-se com sua mãe para San Diego – Califórnia para um tratamento fisioterápico revolucionário. Depois de alguns anos de tratamento, conseguiu recuperar um pouco dos movimentos dos braços e evoluiu bastante. E não só na parte física, mas também no poker ele evoluiu. Nos EUA teve oportunidade de jogar torneios live, conseguir bons resultados e, ainda, ver de perto ídolos como Phil Ivey e Gus Hansen.

Nenhum comentário: