quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

FELIZ NATAL A TODOS OS AMIGOS


TENHO O MAIOR PRAZER EM PODER DESEJAR A TODOS OS AMIGOS QUE DURANTE O TRANSCORRER DE 2008 PUDERAM FAZER COM QUE APRENDESSEMOS A VALORIZAR A VIDA E PRINCIPALMENTE O SENTIMENTO DO DEVER CUMPRIDO. UM FELIZ NATAL, REPLETO DE PAZ, HARMONIA, AMOR E PRINCIPALMENTE SAÚDE E FELICIDADE, SÃO OS VOTOS DO PROFESSOR SERGIO CASTRO & FAMÍLIA.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ, A LÍDER EM EDUCAÇÃO FÍSICA NO PAÍS


Conheça a especialidade de Profissional de EDUCAÇÃO FÍSICA da Universidade Estácio de Sá e prepare-se para adentrar no maravilhoso mundo profissional das atividades físicas, inclusive a adaptada.
EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado :
EDUCAÇÃO FÍSICA - Pós-Graduação :

Cego atravessa labirinto em estudo sobre sexto sentido


Cego atravessa labirinto em estudo sobre sexto sentido, veja mais em :


http://www.educacaofisica.com.br/noticia_mostrar.asp?id=5567

Badminton é o segundo esporte mais praticado em todo o mundo


Professor de EF aos 80 anos comanda academia

Professor de EF aos 80 anos comanda academia, veja mais em :

http://www.educacaofisica.com.br/noticia_mostrar.asp?id=5545

Tire proveito máximo da academia :

http://www.educacaofisica.com.br/noticia_mostrar.asp?id=5488

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Guincho Para transporte de PCD










ELEVADORES PARA PISCINA :






"ELEVADOR PARA PISCINA". O elevador para piscina tem como objetivo, facilitar a entrada e saída da piscina, por pessoas com necessidades especiais, tais como, deficientes físicos, obesos e idosos, principalmente em clínicas de hidroterapia, podendo ser usado tanto por deficientes que não se assentam, como por aqueles que não ficam de pé, pois existe um banco removível com quatro posições de altura, para atender a pessoas de diversos tamanhos; seu funcionamento é eletro-mecânico, possui motor de 1,5 CV, bifásico, sua capacidade é de 300 kg, a plataforma mede 80cmx80cm e o banco 40cmx40cm; toda peça que tem contato com a água, é de alumínio ou aço inox; para seu funcionamento, é preciso a participação de uma segunda pessoa, do lado de fora da piscina para acionar o botão de descida ou subida.

ELEVADOR PARA PISCINA – MODELO MEDICARE®-POOL-LIFT

• Sistema de elevação para pacientes; • Instalação fixa no piso; • Construção rotativa; • Com adaptador para utilizar de acordocom a cadeira ou maca; • Funciona a bateria de 24 V; • Fornecido com carregador para bateria; • Modelo: 090843000



Acessibilidade

Acessibilidade

Acessibilidade .Desenho Universal:Deficientes, idosos , obesos....

http://www.youtube.com/watch?v=KREqlNLmOsM

http://www.youtube.com/watch?v=wTZDKe0EA5o

Gatinha com "Cadeira de Rodas"

Gatinha com "Cadeira de Rodas"

http://www.youtube.com/watch?v=H1Y3OjNlGFk

Cadeira de Rodas que Sobe Escadas

VÍDEO:
Cadeira de Rodas que Sobe Escadas, VEJA EM :
http://www.youtube.com/watch?v=Z5CsIn6Cf6g

VÍDEO:

VÍDEO :

Reportagem sobre Handebol em Cadeira de Rodas (HCR)

Reportagem sobre Handebol em Cadeira de Rodas (HCR)

http://www.youtube.com/watch?v=vSQQ03VwRj0

Reportagem sobre Handebol em Cadeira de Rodas (HCR)

Reportagem sobre Handebol em Cadeira de Rodas (HCR)

Cadeira de rodas para cães 2


Empresário enfeita árvore de Natal com cadeiras de rodas

Empresário enfeita árvore de Natal com cadeiras de rodas, VEJA EM :

http://www.youtube.com/watch?v=S1r2zKYBiRA

PROFESSOR SERGIO CASTRO PARTICIPA DE DEBATE EM EDUCAÇÃO PROMOVIDO PELA SECRETARIA MUNICIPAL DE BACAXÁ ( RJ )




O
Professor SÉRGIO CASTRO, da cadeira de Educação Física Adaptada da Universidade Estácio de Sá participou no dia 7 de novembro 2008, na cidade de Saquarema (RJ), do Debate em Educação Promovido pela Prefeitura Municipal de Saquerema (RJ) - Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Saquarema e Centro M unicipal de Educação Padre Miguel sob o tema : " A importância da prática de Esportes na Inclusão de Pessoas com Deficiência (PCD) ou necessidades Educativas Especiais (PNEE).

DEBATES EM EDUCAÇÃO
EDUCAÇÃO x SOCIEDADE
PARA QUÊ ? PARA QUEM ?

VOCE É FAN DO PARAATLETA CLODOALDO SILVA, VEJA OS VÍDEOS DEST SUPER PARAATLETA NACIONAL

http://www.viuvideos.com/search.php?busca=clodoaldo+silva&bt=Buscar

MISSA DE SETIMO DIA DO PROFESSOR TUBINO


Comunico a data da missa de sétimo dia do Prof. Dr. Tubino, que será realizada na Paróquia Cristo Redentor, no dia 26/12, às 18:30 h, rua das Laranjeiras , nº 519, bairro de Laranjeiras.
Abraços

Mulheres com síndrome de down fazem aulas de dança do ventre


Veja o Vídeo da TV ALTEROSA sobre Dança do Ventre com a participação de mulheres com Síndrome de Down :

http://www.alterosa.com.br/html/noticia_interna,id_sessao=7&id_noticia=7222/noticia_interna.shtml

Manifesto pelo Fortalecimento da Estrutura de Atenção às Pessoas com Deficiência







http://agenciainclusive.wordpress.com/

Manifesto pelo Fortalecimento da Estrutura de Atenção às Pessoas com Deficiência

Dezembro 8, 2008 · Nenhum Comentário
Apóie também o manifesto clicando neste link.
Prezados Senhores Deputados,
25 milhões de brasileiros têm alguma limitação, a maioria vivendo abaixo da linha da pobreza e precisa de modificações no ambiente e outros recursos para que possam levar vidas saudáveis, dignas e produtivas, como qualquer cidadão.
O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-Moon, recentemente fez pronunciamento destacando que os objetivos do milênio jamais serão atingidos sem a inclusão das pessoas com deficiência em todas as políticas públicas e na sociedade como em geral.
Nesse sentido, nada mais oportuno do que começar a seguir a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, gloriosamente aprovada no Congresso Nacional este ano como o primeiro tratado internacional com peso constitucional.
O PL 3960/2008, ora analisado em Comissão Especial da Câmara dos Deputados, trata, entre outros assuntos, da reestruturação da CORDE – Coordenadoria Nacional para a Inclusão da Pessoa com Deficiência, órgão da Secretaria Especial dos Direitos Humanos, que, embora trabalhe arduamente para cobrir todas as necessidades demandadas pelo segmento, hoje nada mais é que uma assessoria da Secretaria Especial, com pouquíssimos cargos, e atuação restrita.
Urgimos aos senhores que defendam a instituição de uma Secretaria Nacional dos Direitos das Pessoas com Deficiência, com capacidade e força para atuar em áreas tão diversas como saúde, educação, assistência, trabalho, acessibilidade, tecnologia, enfim, que seja capaz de representar e defender os interesses das pessoas com deficiência em cada setor, para que a tão almejada inclusão chegue mais depressa para essa parcela da população.

domingo, 21 de dezembro de 2008

PARAOLIMPIADAS DE PEQUIM 2008


VEJA O BLOGDODORTA:
TIRO COM ARCO ADAPTADO






PARAPAN 2007 - RIO DE JANEIRO

Os III Jogos Parapan-americanos Rio 2007 foram um evento multiesportivo para portadores de necessidades especiais organizado pelo Comitê Organizador do Rio (CO-Rio) em parceria com o Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB) realizado na cidade do Rio de Janeiro, no Brasil entre 12 e 19 de Agosto de 2007 com a participação de aproximadamente 1.300 atletas de 26 países do continente americano, disputando 10 modalidades esportivas.


Veja o excelente trabalho realizado pelos profissionais de "O Globo" sobre o Paparapanamericano realizado no Brasil, na cidade do Rio de Janeiro,










http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://oglobo.globo.com/fotos/2007/07/31/cc_parapan_atletismo.jpg&imgrefurl=http://oglobo.globo.com/esportes/ParaPan2007/modalidades.asp&usg=__8zGUdTrhRL3oV0Fm7ctuHbJRGjc=&h=70&w=70&sz=3&hl=pt-BR&start=39&um=1&tbnid=FUMT0Jh7Pi2hxM:&tbnh=68&tbnw=68&prev=/images%3Fq%3D%2522CLASSIFICA%25C3%2587%25C3%2583O%2BFUNCIONAL%2522%26start%3D20%26ndsp%3D20%26um%3D1%26hl%3Dpt-BR%26rlz%3D1T4GGIH_pt-BRBR285BR285%26sa%3DN

Como entender o Parapan :

http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/foto/0,,11278484,00.jpg&imgrefurl=http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDG78473-6014,00-O%2BPROXIMO%2BHEROI.html&usg=__qD5yW8wqH9wjVTxxKsdCTqy2Gbs=&h=280&w=340&sz=31&hl=pt-BR&start=264&um=1&tbnid=BO97WThq63StqM:&tbnh=98&tbnw=119&prev=/images%3Fq%3D%2522CLASSIFICA%25C3%2587%25C3%2583O%2BFUNCIONAL%2522%26start%3D260%26ndsp%3D20%26um%3D1%26hl%3Dpt-BR%26rlz%3D1T4GGIH_pt-BRBR285BR285%26sa%3DN



Surf e Skate são exemplos nos Jogos Parapan-americanos Rio 2007 :
http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://www.jornaljovem.com.br/edicao7/images5/7_th_Praia_da_Baleia_000.jpg&imgrefurl=http://www.jornaljovem.com.br/edicao7/esporte_pan15.php&usg=__oQRQayeGhZZTT_W3jVqd8Ki4Dro=&h=262&w=350&sz=46&hl=pt-BR&start=277&um=1&tbnid=QVmgFZSFiN78FM:&tbnh=90&tbnw=120&prev=/images%3Fq%3D%2522CLASSIFICA%25C3%2587%25C3%2583O%2BFUNCIONAL%2522%26start%3D260%26ndsp%3D20%26um%3D1%26hl%3Dpt-BR%26rlz%3D1T4GGIH_pt-BRBR285BR285%26sa%3DN

PARAPAN 2007 - SITE DA WIKIPEDIA :
http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/7/75/Parapan_Rio_Opening_Ceremony.jpg/300px-Parapan_Rio_Opening_Ceremony.jpg&imgrefurl=http://pt.wikipedia.org/wiki/Jogos_Parapan-americanos_de_2007&usg=__wMmFa8aPO-9xe3wmbf--9hwyWSQ=&h=188&w=300&sz=22&hl=pt-BR&start=372&um=1&tbnid=XDBm76-cBsqSiM:&tbnh=73&tbnw=116&prev=/images%3Fq%3D%2522CLASSIFICA%25C3%2587%25C3%2583O%2BFUNCIONAL%2522%26start%3D360%26ndsp%3D20%26um%3D1%26hl%3Dpt-BR%26rlz%3D1T4GGIH_pt-BRBR285BR285%26sa%3DN







Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Pista Paraolimpico












As inscrições deverão ser feitas por meio de formulário próprio fornecido pelo CPB, que poderá ser retirado no sitio web da Confederação Brasileira de Ciclismo - CBC (http://www.cbc.esp.br/) e enviado por e-mail para, ciclismo.paraolimpico@cbc.esp.br, FAX nº. (43) 3327 3232.A Confederação Brasileira de Ciclismo fornecerá hospedagem, alimentação e transporte interno para todos os participantes regularmente inscritos, que não residam na cidade do Rio de Janeiro e região metropolitana.


RESULTADOS COMPLETOS :



VEJA MAIS SOBRE O CICLISMO PARAOLIMPICO:





CLASSIFICAÇÃO FUNCIONAL PARAESPORTIVA

A fim de que o Paraesporte possa manter um nível de equilíbrio quando de sua realização nas diversas Modalidades apresentadas, o paraatleta deve apresentar uma quantificação pessoal de seus valores individuais, os quais são analisados por uma banca de profissionais denominados de "CLASSIFICADORES FUNCIONAIS", os quais são responsáveis por efetuar essa avaliação criteriosa, a fim de possibilitar um desempenho harmônico durante o transcorrer das disputas, quer sejam individuais ou coletivas.


Foto da ACADEF, mostrando a pioneira da Classificação Funcional Paraesportiva no Brasil, Fisioterpeuta renomada e de grande competência profissional, a Doutora Sheila Salgado merce destaque no cenário internacional da Classificação Funcional Paraesportiva.

Antes de iniciar a prática esportiva competitiva, o atleta com deficiência deve passar por uma avaliação de classificação funcional. O principal objetivo da classificação é nivelar os atletas de acordo com suas capacidades, colocando os que possuem deficiências semelhantes em um mesmo grupo.


De acordo com o Movimento Parolímpico Internacional, os atletas podem ser classificados em seis grupos: - amputados - paralisados cerebrais- deficientes visuais - lesionados na medula espinhal - deficientes mentais - les autres (inclui todos os atletas com alguma deficiência de mobilidade e que não se enquadram nos demais grupos)

Vejam abaixo a padronização da CLASSIFICAÇÃO FUNCIONAL para os Paraatlets do comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB):

Obs: A Classificação Funcional aqui apresentada não inclui atletas das OLIMPÍADAS ESPECIAIS, que são classificadas de acordo com critérios da Entidade OLIMPÍADAS ESPECIAIS BRASIL ou SPECYAL OLYMPICS INTERNATIONAL;

ATLETAS COM DEFICIÊNCIA AUDITIVA, que são classificados pela Confederação Brasileira de Esportes de Surdos (CBDS) e pelo COMITÊ INTERNATIONAL DE SPORTS DÊ SOURDS (CISS);

OS ANÕES, no Brasil, são considerados DEFICIENTES FÍSICOS através de Decreto-lei do Governo Federal. A Nível Internacional, os anões apresentam dupla ELEGIBILIDADE ( tanto podem com petir nas Olimpíadas como nas Paraolimpíadas).

DEFICIENTES MENTAIS (DM) Até a Paraolimpíada de 2000 (Sidney - Austrália) participavam das Paraolimpíadas. Devido a um problema de uma fraude na Classificação Funcional de alguns Atletas, foram afastados até as paraolimpíadas de 2008 em Beijing (China). Existe a possibilidade de sua volta para as Paraolimpíadas de 2012 na Inglaterra.

VEJAM ABAIXO OS CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO FUNCIONAL DO CPB :
http://www.cpb.org.br/area-tecnica/classificacao-funcional

http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://static.hsw.com.br/gif/jogos-paraolimpicos-13.jpg&imgrefurl=http://esporte.hsw.uol.com.br/jogos-paraolimpicos3.htm&usg=__Voe5pEHgHc8kj1z-erWIMU15_sg=&h=270&w=360&sz=20&hl=pt-BR&start=78&um=1&tbnid=IDVNP1d3uliBJM:&tbnh=91&tbnw=121&prev=/images%3Fq%3DFOTOS%2BDE%2BCLASSIFICA%25C3%2587%25C3%2583O%2BFUNCIONAL%26start%3D60%26ndsp%3D20%26um%3D1%26hl%3Dpt-BR%26rlz%3D1T4GGIH_pt-BRBR285BR285%26sa%3DN

CLASSIFICAÇÃO FUNCIONAL DO BASQUETEBOL EM CADEIRA DE RODAS ( EM PORTUGUÊS) SEGUNDO A IWBF ( International Wheelchair Basketball Federation) :
http://images.google.com.br/imgres?imgurl=http://anddemot.org.pt/fotos/imagens/seleccao&imgrefurl=http://anddemot.org.pt/fotos/imagens/seleccao/view&usg=__G-vxyR0QK4GvTP52T3nJPP0eoyE=&h=790&w=1682&sz=341&hl=pt-BR&start=10&um=1&tbnid=L4mD0mmQRMSADM:&tbnh=70&tbnw=150&prev=/images%3Fq%3D%2522CLASSIFICA%25C3%2587%25C3%2583O%2BFUNCIONAL%2522%26um%3D1%26hl%3Dpt-BR%26rlz%3D1T4GGIH_pt-BRBR285BR285%26sa%3DG

Vencedores do Prêmio Brasil Paraolímpico 2008















Vencedores do Prêmio Brasil Paraolímpico 2 0 0 8 :
VEJAM A LISTAGEM DOS VENCEDORES ATRAVÉS DO SITE DO CPB:


ARTIGOS SOBRE EDUCAÇÃO FÍSICA ADAPTADA & EDUCAÇÃO ESPECIAL





























ARTIGOS SOBRE EDUCAÇÃO FÍSICA ADAPTADA & EDUCAÇÃO ESPECIAL
( Compilados através da Internet).

Através de sua leitura , o internauta poderá beneficiar-se de seu conteúdo, possibilitando desta forma um maior conhecimento por parte de Estudantes, Pesquisadores, Familiares e Pessoas interessadas nesta área.

A Educação Física na Educação Especial :
http://www.efdeportes.com/efd113/instituto-guttmann.htm

La Educación Física inclusiva en el Instituto Guttmann :
http://www.efdeportes.com/efd113/instituto-guttmann.htm

ATIVIDADES FÍSICAS PARA PESSOAS COM NESSIDADES ESPECIAIS (PNE) ( SITE DA REVISTA EF DEPORTES) : ( 25 Sites)
http://www.efdeportes.com/efd0/b-afe.htm

ARTIGOS SOBRE EDUCAÇÃO ESPECIAL : ( Página PEDAGOGO BRASIL) (27 Artigos)
http://www.pedagobrasil.com.br/educacaoespecial/educacaoespecial.htm

ARTIGOS SOBRE INCLUSÃO:
http://www.pedagobrasil.com.br/educacaoespecial/educacaoespecial.htm



INCLUSÃO DE PESSOAS COM NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS :




ATIVIDADES FÍSICAS ADAPTADAS : (REVISTA EF DEPORTES) (774 ARTIGOS)


http://search.freefind.com/find.html?id=7620039&pageid=r&mode=ALL&query=ACTIVIDADES+F%CDSICAS+ADAPTADAS

CONHEÇA O ILAFIT ( INSTITUTO LATINOAMERICANO DE ATIVIDADE FÍSICA TERAPÊUTICA) :






SITES SOBRE EDUCAÇÃO FÍSICA ADAPTADA: ( 528 sites)




SITES SOBRE EDUCAÇÃO ESPECIAL: ( 631 SITES)








SITES SOBRE O ESPORTE ADAPTADO : ( 326 Sites)





ATIVIDADES FÍSICAS E ESPORTIVAS EM PESSOAS COM SÍNDROME DE DOWN :





A Influência do Esporte para Pessoas com Síndrome de Down:




VÍDEOS DE ATIVIDADES PARAESPORTIVAS CONSTANTS DO SITE DO COMITÊ PARAOLIMPICO BRASILEIRO (CPB):








LEIA VIRTUALMENTE AS REVISTAS DO COMITE PARAOLIMPICO BRASILEIRO:











sábado, 20 de dezembro de 2008

CHEFs ESPECIAIS - Projeto leva crianças com síndrome de Down para a cozinha

Com o intuito de integrar os Portadores de Síndrome de Down à sociedade, fazê-los desafiarem os próprios limites e principalmente tirá-los de casa, o empresário Márcio Berti idealizou e colocou em prática o projeto "Chefs Especiais".

O projeto consiste em organizar aulas mensais interativas, dadas por chefs de cozinha, destinadas à crianças especiais. "Nosso compromisso é fazer com que os participantes tenham momentos agradáveis e despertar o interesse gastronômico em cada um deles, sem pretensões pedagógica e/ou clínica".



Veja mais em :

http://anamariabraga.globo.com/noticias.asp?id1=153

PROJETO ESPORTIVO DOWN DA UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ – Campus A K X E

PROJETO ESPORTIVO DOWN DA UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ – Campus A K X E

Rio de Janeiro, 08 de Maio de 2007







Sob a Coordenação esportiva do Prof. MSc. SERGIO
CASTRO, dos Professores ALANDRO e EDUARDO, além de
diversos voluntários estagiários. O projeto esportivo vai de
vento em popa. Na parte de Educação Física e Esportes, são
praticadas um total de 10 (dez) modalidades:

1 - ATLETISMO (CORRIDAS CURTAS, LANÇAMENTOS, SALTO EM DISTÂNCIA);

2 - BASQUETEBOL,

3 - DANÇA

4 - FUTEBOL DE SALÃO,

5 - FUTEBOL DE CAMPO,

6 - NATAÇÃO,

7 - TENIS DE QUADRA,

8 - VOLEIBOL DE QUADRA,

9 - VOLEIBOL DE AREIA,

10 - CAMINHADA



RELAÇÃO DE ALUNOS PARTICIPANTES:

Rio de Janeiro, 08 de Maio de 2007



ANDREI - 29 ANOS - Natação / Tênis de Quadra / Futebol
CARLOS ANTONIO - 29 ANOS - Natação/ Tênis de Quadra
CLAUDIO PINTO - 22 ANOS Natação/ Futebol/ Atletismo (corridas curtas)
DENISE - 26 ANOS Futebol / Natação / Vôlei / Tênis de Quadra
GABRIEL - 20 ANOS Natação / Tênis de Quadra
GUSTAVO - 19 ANOS Natação / Voleibol/ Tênis de Quadra
INGRID - 26 ANOS Natação / Tênis de Quadra / Tênis de Quadra
LUCAS - 22 ANOS Natação/ Futebol/Voleibol/ Basquetebol/ atletismo (corridas curtas)/ Tênis de Quadra
LUIS FELIPE M 23 ANOS Natação / Tênis de Quadra/ vôlei
LUIZ FELIPE - 16 ANOS Natação / Tênis de Quadra/ vôlei
MARIA CLARA - 22 ANOS Futebol / Vôlei/ Frescobol/ Tenis de Quadra
MARIANA A - 21 ANOS Natação / Voleibol/ Tênis de Quadra
MARIANA MATTOS - 21 ANOS Natação / Voleibol/ Basquetebol/ Tênis de Quadra
RODRIGO - 31 ANOS Natação / Voleibol/ Tênis de Quadra
ROGÉRIO - 26 ANOS Natação / Tênis de Quadra
SANDRA - 26 ANOS Natação / Tênis de Quadra
SHARA - 26 ANOS Natação / Tênis de Quadra/ vôlei


Prof. Msc. Sérgio Castro
CREF 9072-G-RJ





Relatório parcial das atividades de Educação Física e Esportiva para os alunos do projeto DOWN:

Rio de Janeiro, 08 de Maio de 2007


Todos os Dezessete alunos demonstraram, através de avaliação visual e de suas capacidades físicas, um desenvolvimento significativo das valências psicomotoras, bem como de habilidades pessoais, além de coordenação motora nos atos e gestos esportivos específicos, e, ainda, significativa melhoria no senso de humor e de relacionamento com seus companheiros.

O Esporte visa possibilitar um processo dinâmico de inter-relacionamento e integração social, além do lazer, o que vem sendo notado com vibração pelos integrantes da área de Educação Física e Esportes do projeto.

Para iniciação dos trabalhos, foi solicitado aos responsáveis, a realização de uma radiografia Atlanto-axial, com ênfase nas vértebras cervicais (C1 e C2), a fim de verificar a possibilidade da existência de Instabilidade Atlanto-Axial, de modos a melhor direcionar e quantificar os trabalhos esportivos.

Alguns alunos têm demonstrado um alto índice de aproveitamento, devendo, em breve período de tempo serem aproveitados para serem incluídos no projeto de participação das OLIMPÍADAS ESPECIAIS (Projeto a níveis regionais , nacionais e Internacionais - que visam a participação de atletas com um desempenho esportivo considerado ótimo para as pessoas incluídas neste tipo de projeto).

Todas as atividades esportivas vêm sendo acompanhadas e assistidas por profissionais especializados, visando o controle respiratório e de fadiga dos alunos que, na maioria das atividades têm trabalhado com a predominância de atividades aeróbias, de baixa para média intensidade, sempre com o especial cuidado no controle do processo de estafa pessoal.

Este trabalho tem sido conseguido com a colaboração de todos os integrantes do projeto, desde os professores, aos colaboradores e estagiários, que vêm também demonstrando um alto índice de colaboração, capacidade e carinho no trato com os participantes e companheiros de trabalho.


DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO Tubino do esporte

VEJA TUDO SOBRE O ESPORTE CONVENCIONAL E ADAPTADO ATRAVÉS DE UMA DAS ÚLTIMAS OBRAS DO PROFESSOR DOUTOR MANOEL JOSE GOMES TUBINO, O MAIS BEM INFORMADO E CONHECEDOR DO ESPORTE BRASILEIRO E MUNDIAL :
O DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO TUBINO DO ESPORTE, ao qual tive a oportunidade de contribuir com uma pequena parcela sobre o esporte adaptado.

http://www.globoonliners.com.br/icox.php?mdl=pagina&op=listar&usuario=863&post=2558

SAIBA SE SEU FILHO É SUPERDOTADO

Quer saber se seu filho é superdotado
É só dar uma olhadinha no site abaixo, editado pela REVISTA VEJA:



A Secretaria de Estado da Educação de São Paulo lançou, em dezembro, o manual Um Olhar para as Altas Habilidades, que será distribuído aos professores da rede pública de ensino a partir de janeiro de 2009. A publicação ensina os docentes a identificar, em sala de aula, um aluno superdotado, com altas habilidades em alguma área, e fala sobre o que fazer para que seu talento seja desenvolvido.


http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI19697-15228,00-COMO+IDENTIFICAR+SE+O+SEU+FILHO+E+UM+SUPERDOTADO.html

Fonte: Um Olhar para as Altas Habilidades - Construindo Caminhos, da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

PROFESSOR MANOEL TUBINO MORRE NO RIO DE JANEIRO

Faleceu ontem no Rio de Janeiro o maior ícone brasileiro da Educação Física mundial. Manoel José Gomes Tubino, Presidente da FIEP, autor de dezenas de livros didáticos sobre Educação Física deixa uma lacuna que por certo jamais será preenchida por outro profissional dessa qualidade. O sepultamentoserá realizado hoje, sexta feira,19 Dez 2008, no RIO DE JANEIRO, no MEMORIAL DO CARMO, no Bairro do Caju, as 16:00 hs.Telefone da Professora Vera(esposa) para contato : (21 )8788-5852
VEJA ABAIXO SITES QUE COMENTARAM SOBRE O FALECIMENTO :

http://portal.esporte.gov.br/ascom/noticia_detalhe.jsp?idnoticia=5354

http://www.supervasco.com/noticias/morre-no-rio-o-vascaino-manoel-tubino-ex-presidente-do-conselho-nacional-de-desporto-cnd-37451.html

http://esportes.terra.com.br/interna/0,,OI3404105-EI2195,00-COB+lamenta+morte+de+dirigentes+brasileiros.html

http://saudepelapratica.blogspot.com/2008/12/adeus-professor-manoel-tubino.html

http://www.educacaofisica.com.br/noticia_mostrar.asp?id=5536



VEJA O ULTIMO ANIVERSÁRIO DO PROF TUBINO, COM FOTOS DE TODA A FAMILIA,REPORTADO POR SEU FILHO, O EXCELENTE JORNALISTA ESPORTIVO FABIO TUBINO:
http://fabiotubino.blogspot.com/search?updated-min=2008-08-01T00%3A00%3A00-03%3A00&updated-max=2008-09-01T00%3A00%3A00-03%3A00&max-results=10

SPORTMANIA - MARATONA NA SELVA




MARATONA NA SELVA

Segundo Informações da SPORTV, ( site SPORTMANIA), a primeira reportagem sobre uma campeã brasileira de MARATONA NA SELVA ( Prof MSc JACQUELINE TERTO) será a primeira a ser levada ao ar , na primeira semana de janeiro 2009.





Prof MSc SERGIO CASTRO

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Conheçam o TEAM CHICAGO BRASIL


Publico com um extremo prazer o site do TEAM CHICAGO BRASIL, de FUTEBOL FEMININO, criado, treinado e dirigido pelo Professor ALEXANDRE MATIAS,meu amigo pessoal e um aficcionado pelo Futebol Feminino. Possuidor de extrema competência e dedicação na arte da técnica do Futebol e, ainda, detentor de inúmeros títulos obtidos à custa de suor, sacrifício, denôdo e superação ante as dificuldades apresentadas por esta modalidade esportiva.Esperemos que em 2009 o Profesor Matias e suas atletas possam ser mais bem vistos pelas autoridades futebolísticas do País e tenha seu valor pessoal agragado aos laureados técnicos de futebol nacional. Boa sorte grande amigo.

VEJAM MAIS EM :
http://www.teamchicagobrasil.blogger.com.br/

http://www.teamchicagobrasil.com/index2.html

PARCERIAS E INFORMAÇÕES :
http://www.teamchicagobrasil.com/74.html


PRETENDE SER ATLETA DO FUTEBOL FEMININO
FALE URGENTE COM O PROFESSOR MATIAS EM :
Vejam como ingressar na nossa equipe no blog: www.teamchicagobrasil.blogger.com.br

PROFESSOR SERGIO CASTRO É AGRACIADO COM A MEDALHA DO MÉRITO ESPORTIVO PANAMERICANO pela CMRJ

Através da Resolução nº 6305/2007, a Câmara Municipal do Rio de Janeiro (CMRJ) concedeu a MEDALHA DO MERITO ESPORTIVO PANAMERICANO ao Professor da Universidade Estácio de Sá SERGIO JOSE DE CASTRO, pelos excelentes serviços prestados ao Esporte convencional e adaptado do Rio de Raneiro. a outorga foi concedida pelo Vereador Dr CARLOS EDUARDO, após análise detalhada do curriculum
vitae do professor.


PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 10/2005

http://cmrj3.cmrj.gov.br/ofc/scripts/tramitproj.asp?tipo=Resolução&numero=10&ano=2005


Cria a Medalha de Mérito Esportivo Pan Americano no
âmbito da Câmara Municipal do Rio de Janeiro.


Autores: Vereadores Patrícia Amorim, Márcio Pacheco,
Wanderley Mariz, Stepan Nercessian, Paulo Cerri,
Lucinha, Argemiro Pimentel, Cláudio Cavalcanti,
Jerominho, Chiquinho Brazão, Théo Silva,
Jorginho da S.O.S, Leila do Flamengo, Tereza Bergher,
Carlo Caiado, Pastora Márcia Teixeira e
Andréa Gouveia Vieira.



A CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO DECRETA:

Art.1º Fica criada no âmbito da Cidade do Rio de Janeiro a Medalha de Mérito Pan Americano para as pessoas físicas e jurídicas que participem de iniciativas voltadas para o pleno sucesso dos Jogos Pan Americanos de 2007.

Art.2º Serão considerados aptos a receberem a Medalha de Mérito Esportivo Pan Americano, as pessoas físicas e jurídicas que patrocinarem, divulgarem, estimularem ou colaborarem com o desenvolvimento dos jogos Olímpicos no Município do Rio de Janeiro, visando os Jogos Pan Americanos de 2007.

Parágrafo único – O modelo da Medalha de Mérito Esportivo Pan Americano, será estabelecido pela Mesa Diretora da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, por meio de concurso ou outra forma de criação.

Art.3º A indicação da pessoa da pessoa física ou jurídica, será feita através do requerimento de Vereador e votado em plenário.

Art.4º A entrega da Medalha de Mérito Esportiva Pan Americano será feita em Sessão Solene.

Art.5º Os agraciados com a Medalha de Mérito Esportiva Pan Americano, terão seus nomes inseridos em livro próprio e nos Anais desta Câmara Municipal.


JUSTIFICATIVA

O Rio de Janeiro vem perdendo espaço no cenário dos esportes olímpicos, antes motivo de orgulho para nós cariocas, pois não contam hoje com incentivos necessários para manter a Cidade como berço desses atletas.
O resultado da falta desses incentivos em segmentos esportivos tão importantes como basquete, vôlei, ginástica olímpica, natação, entre outros, é a migração de campeões e futuros campeões para outros centros do Brasil e até mesmo para outros paises. E, se a crise afeta atletas consagrados, imagine os iniciantes atingidos em cheio pela falta de estímulos e recursos para treinarem e, por via de conseqüências, tornarem-se, no futuro atletas de primeira linha.
O presente Projeto tem como objetivo minimizar esses obstáculos, incentivando as pessoas físicas e jurídicas a juntarem esforços para o completo êxito dos nossos atletas, nos próximos jogos Pan Americanos.


A Medalha de Mérito Esportivo Pan-Americano foi criada em comemoração aos Jogos Pan-Americanos que foram realizados no Rio de Janeiro em 2007 e é conferida a entidades e cidadãos que tenham contribuído decisivamente para a promoção do esporte no âmbito das Américas, para o desenvolvimento esportivo da cidade e na preparação dos atletas para os Jogos Pan-americanos.

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro aprovou projeto da Vereadora Patricia Amorim que cria a Medalha de Mérito Esportivo Pan-americano, no município do Rio de Janeiro. O objetivo da resolução é estimular investimentos em atletas e treinadores que escolheram a cidade do Rio de Janeiro para praticarem suas modalidades.
Com a iniciativa a CMRJ passará a premiar com a medalha pessoas física e/ou jurídica, que patrocinarem, divulgarem, estimularem ou colaborarem com o desenvolvimento do esporte olímpico no Rio de Janeiro. A indicação para recebimento da medalha será feita através de requerimento dos vereadores e votada em plenário, assim como funciona o encaminhamento para entrega de Medalha de Mérito Pedro Ernesto.

PROFESSOR SERGIO CASTRO É CONVIDADO PELA UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA - I Encontro comemorativo do Dia Internacional da Pessoa com

ENTREVISTA Á UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA

http://www.abradecar.org.br/news/modelo/index3011.html

A Universidade Veiga de Almeida & Fundação Oswaldo Cruz realizaram o I Encontro Comemorativo do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência. O evento aconteceu nos dias 3 e 4 de dezembro e teve como tema Acessibilidade e Esporte . Participaram do Encontro o vice-presidente da ABRADECAR, Luiz Cláudio Pereira; o coordenador da modalidade de tiro adaptado, Prof MSc Sérgio José de Castro; e o secretário-geral do Comitê Organizador dos Jogos Mundiais em Cadeira de Rodas & Amputados, Mauro Gandra Filho.

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

RUGBY ADAPTADO E INFORMAÇÕES EM GERAL SOBRE DEFICIENCIAS VISITE O MELHOR BLOG DO BRASIL, O DO JEFF!

O RUGBI ADAPTADO BRASILEIRO AGORA TEM UMA PÁGINA REALMENTE SENSACIONAL E ATUALIZADA. O Blogo do JEFF É UM DOS MELHORES ENCONTRADOS ATUALMENE NO BRASIL. VALE A PENA VER. ATUALIZADO, SÉRIO E DE GRANDE VALOR PARA OS PARAESPORTISTAS. SUGIRO SUA LEITURA DIARIAMENTE. PROF SERGIO CASTRO .
Veja mais em : http://inclusivas.blogspot.com/

domingo, 14 de dezembro de 2008

FLOG DO PROFESSOR SERGIO CASTRO


Visitem o FLOG do Professor SERGIO CASTRO em :



http://www.flodeo.com/sergiojdcastro/2495995/en

PROFESSOR SERGIO CASTRO PARTICIPA NA REDE GLOBO DO SERIADO MALHAÇÃO


Professor Sérgio Castro na Rede Globo


O Coordenador de Tiro Esportivo da ABRADECAR e professor  da Universidade Estacio de Sá (RJ) professor Sérgio Castro, foi convidado para participar do programa Malhação, da Rede Globo. Na oportunidade, Sérgio irá ministrar aulas de acessibilidade, basquetebol e manuseio de cadeira de rodas para a atriz Francisca Queiroz, que interpreta a professora Vitória. A atriz faz o papel de uma professora cadeirante, que incentiva outras pessoas portadoras de deficiência à superação por meio de mensagens positivas. Nesta ocasião, participou também como árbitro de uma partida de Basquetebol entre os atores da seriado Malhação.

VEJA MAIS EM : http://www.abradecar.org.br/news/modelo/index09022006.html

ENTREVISTA DO PROF SERGIO CASTRO para a Televisão da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC)

ENTREVISTA DO PROF SERGIO CASTRO para a Televisão da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC)

http://www.abradecar.org.br/news/modelo/index0308.html

O professor Sérgio Castro - coordenador da ABRADECAR e presidente da Federação de Basquetebol em Cadeira de Rodas do Estado do Rio de Janeiro – participou de programa da Televisão da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC) acerca do desenvolvimento do basquetebol em cadeira de rodas no Brasil e da participação da seleção brasileira masculina de basquete em cadeira de rodas nas Paraolimpíadas de Atenas. A entrevista foi exibida na sexta-feira, dia 6 de agosto, às 21 horas, no canal 16 da NET.

ENTREVISTA Á UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA
http://www.abradecar.org.br/news/modelo/index3011.html

A Universidade Veiga de Almeida & Fundação Oswaldo Cruz realizaram o I Encontro Comemorativo do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência. O evento aconteceu nos dias 3 e 4 de dezembro e teve como tema Acessibilidade e Esporte . Participaram do Encontro o vice-presidente da ABRADECAR, Luiz Cláudio Pereira; o coordenador da modalidade de tiro adaptado, Prof MSc Sérgio José de Castro; e o secretário-geral do Comitê Organizador dos Jogos Mundiais em Cadeira de Rodas & Amputados, Mauro Gandra Filho.

A History of Disability or Differently Abled Sport



A History of Disability or Differently Abled Sport

Although persons with different abilities have been involved in organized sports for at least 100 years, it is only very recently that they gained any level of recognition for such participation (DePauw. 1995).

GENERAL TIMELINE OF SPORTS FOR THE DIFFERENTLY ABLED

Below are Excerpts from an Excellent Resource on the History of Disability Sport excepted from Sports N Spokes magazine (Vol 25, no 9, pp 10-45). Although some names and events may be unfamiliar, it provides only a small cross-section of the diverse people and events of disability sports . Feel free to follow the Sports 'N Spokes link for further detail.
1946 Generally considered the birth year for wheelchair sports as World War II Veterans became involved in sports with the primary emphasis on wheelchair basketball. Many of these sports evolved from the Stoke Mandeville Sports Centre in Ashbury England founded by neurologist, Sir Ludwig Guttman, often considered the father of wheelchair sports. The Center hosted the first international wheelchair competition.
1973 Sports N Spokes magazine founded
1975 First woman's wheelchair basketball tournament; Bob Hall first to wheel in Boston marathon; National Wheelchair Officials Association Organized
1976 Olympiad held in Toronto, Canada for paraplegic, blind and amputee athletes in separate divisions
1977 First intercollegiate wheelchair basketball tournament; Sharon Rahn Hedrick first woman to wheel Boston Marathon; first wheelchair softball tournament.
1978 National Wheelchair Athletic Association relaxes competitive wheelchair regulations and custom wheelchairs used in competition for the first time at the National Wheelchair Games; US Olympic Committee forms handicapped in sports committee
1980 Sled skiers compete for the first time; Olympics for the Disabled in Holland for Paraplegics, Amputees; First wheelchair tennis national tournament.
1981 International Wheelchair Road Racers club holds first annual meeting at Orange Bowl Marathon; first world wheelchair marathon won by George Murray (2:12.31); 25th anniversary of Wheelchair Games in Seattle, WA; First Veterans Wheelchair Games
1982 National Wheelchair Athletic Association moves national office to Colorado Springs; World Championships of Winter Sports for the Disabled held; First national veterans wheelchair games; First World Tennis Table Championships for the Disabled.
1983 First survey of sport wheelchairs; Second international quad rugby tournament; First international women's wheelchair basketball tournament; National wheelchair racquetball association formed;
1984 First exhibition wheelchair races at the summer Olympics in Los Angeles; George Murray appears on Wheaties cereal box; VII Paralympics Games in US cancelled; International Games for the Disabled includes all athletes but spinal cord injury wheelchair athletes; First Junior National Championships; Rode Rodewald becomes the first pilot with paraplegic to circle the world.
1985 Start of Rick Hansen's man in motion world tour; First national Bass fishing tournament for persons with disabilities; Athletes with disabilities invited to national sports festival.
1986 Challenge Cup Series for top wheelchair basketball teams launched; First World Championships for Youth with Disabilities held in England; First National Triathlon for Physically Challenged.
1987 End of Rick Hansen's Man in Motion tour.
1988 First U.S. Quad Rugby Championships; Prototype , three-wheel racing chairs make their appearance in competition; Wheelchair Exhibition Races at the Seoul Summer Olympics; First international quad rugby tournament held.
1989 Craig Blanchette sets the mile record (3:51) at Prefontaine classic; Mark Wellman climbs El Capitan in Yosemite National Park.
1990 Mustpha Badid breaks the 1:30 barrier with 1:29.53 win at Boston Marathon; France wins Basketball's gold cup; NWBA Hall of Fame Integrated with Basketball Hall of Fame.
1991 Junior wheelchair tennis players make their first appearance at the US Olympic Festival; First Annual North American Challenge Cup for nautical competition for persons with different abilities; Mark Wellman climbs Half Dome in Yosemite; Jean Driscoll awarded Women's Sport's Foundations Amateur Athlete of the Year.
1992 University of Texas-Arlington's "Movin Mav's" capture 15th annual intercollegiate wheelchair basketball tournament; Jim Knaub and Jean Driscoll win at Boston Marathon; IX Paralympic Games held in Barcelona, Spain.
1993 45th National Wheelchair Basketball tournament won by Arkansas's Rollin Razorbacks; Last National Wheelchair Basketball tournaments held in Boston; Joe Gredjus first wheelchair archer to win in National Archery Association Nationals; First Women's World Basketball Championships; National Wheelchair Athletic Association Changes name to Wheelchair Sports, U.S.A..
1994 VI Annual Paralympic Games Held in Lilehammer, Norway; 6th Gold Cup won by US in Canada; First National Wheelchair Billiards Association US Open 8-ball Championships.
1995 First Wheelchair Rugby World Championships in Nottwil, Switzerland.
1996 US Organization of Disabled Athletes (USODA) changes name to America's Disabled Athletes (ADA); X Paralympic Games in Atlanta held including introduction of Equestrian competition.
2000 XI Paralympic Games held in Sydney, Australia.
2004 XII Paralympic Games held in Athens, Greece.
2008 XIII Paralympic Games held in Beijing, China.

DEFINITIONS:

At this point it is good to list some definitions that can be used when considering sports and recreation for persons of different abilities.

ADAPTED PHYSICAL ACTIVITY: an umbrella term for services that promote and active, healthy lifestyle by remediating psychomotor problems that interfere with self-actualization (Sherrill, 1998, p 5). Included within this category is Adapted Physical Education a profession which works, through direct service, classroom consultation and curriculum modification and development, to ensure that school age children have access and the fullest participation possible of Physical Education services mandated by law.

DEAF SPORT: "refers to sport governed by the Comite International des Sports des Sourdes (International Committee for Sports of Silence). .. Summer and Winter games for the Deaf are held the year after the equivalent Olympic Games" (Sherrill, 1998, p 33). It should be noted that the Deaf community offers and exception to person first terminology in that the term of Deaf is used to distinguish a person who is affiliated with the Deaf Community and Deaf Culture versus the uncapitilized use of deaf to identify someone who may have a hearing loss but who does not participate in Deaf Culture and its given language (American Sign Language).

DISABILITY or DIFFERENT ABILITY: often a controversial term, disability is defined by DePauw (1992) as the situation "when an impairment adversely affects one's performance" (p5). Some persons take offense to both the term disability and impairment and prefer use of the term different ability to describe themselves (Egbert, 2000).

DISABILITY SPORT or SPORT FOR DIFFERENTLY ABLED: Originally referred to as Sport Conducted by Disability Sport Organizations. Today the term encompasses broader definitions to include mainstream and reverse mainstream in which athletes both with and without disabilities may participate (Sherrill, 1998, p 32).

FUNCTIONAL ABILITY: "In disability sport, functional ability refers to the innate capacity that cannot be altered by training, practice, or motivation" Sherrill, 1998, p 33). Functional ability in these terms, is therefore used for classification of different competitive levels to attempt to ensure that an athlete has the same potential for winning through success and training versus innate and inalterable limitations as those against whom s(he) competes.

MAIN STREAM SPORT: "activities and events and settings in which individuals with and without disabilities, recreate or compete around each other" (Sherrill, 1998, p32). An example of such an event might be an equestrian competition in which such individuals compete freely in their given skill categories.

REVERSE MAINSTREAM SPORT: A situation opposite to mainstream sport in which persons without disabilities compete in sports specifically designed for persons with disabilities or different abilities (Sherrill, 1998).. Examples might include Goal Ball, a Paralympic sport for individuals who are blind, that can also be played by blindfolded players.

PARALYMPICS: "a world-wide sport movement for elite athletes with disabilities, which parallels the Olympics in that international Summer and Winter games are held alternately every 2 years. Current Paralympic Sports include : Summer sports of archery, athletics (track and field), boccia, cycling, equestrian, fencing, goalball, judo, lawn bowling, power lifting, sailing, shooting, soccer (football), swimming, table tennis, volleyball (sitting and standing), wheelchair basketball, wheelchair rugby and wheelchair tennis as well as Winter sports of alpine skiing, cross-country skiing, ice sledge hockey, ice sledge racing and wheelchair dance sport. For more information on a specific event, be sure to visit the International Paralympic Committee's website.

PERSON FIRST TERMINOLOGY: This phrase refers to an approach of describing person's with disabilities or different abilities in an attempt to emphasize an individual over any given medical condition. An example might be a child with autism versus an autistic child. Such an approach is not always adhered to universally and persons with disability or different ability may frequently even use slang such as "crip culture, paras, quads, etc". However, it is a generally accepted practice and unwritten etiquette by persons outside of a differently abled culture to refrain from such slang and use person first terminology in professional or academic endeavors.

PREFERRED MODE OF MOBILITY: This term refers to the method that a person finds most functional for their daily mobility skills. For example, a person who has cerebral palsy may find that he has the ability to execute a broken gait (or walking pattern) with leg and ankle braces, crutches, a walker, etc; however s(he) may determine that it expends too much energy and is not accomplished at a reasonable pace and therefore may opt to use a manual or motorized wheelchair. Many persons with prostheses may also find this to be true. Within the scenario of disability or differently abled sports, one may also find an opposite scenario...Many persons are shocked to see athletes with such conditions as amputations, multiple sclerosis, or incomplete quadriplegia (i.e., partial, but not complete paralysis or weakness) get up from their wheelchairs following a given sport (i.e., basketball, tennis, etc.). However the primary eligibility for most disability or differently abled sports is the inability to compete in regular or open competition of a given sport. Therefore, a person with severely arthritic knees, for example, may use walking as their primary mode of mobility during everyday activity, but may require a wheelchair to equitably compete in a sport such as basketball.

RECREATION: Term most generally associated with use of leisure time for activities which are often representative of "a continuous re-creation of beliefs, attitudes and intentions," (Sherrill, 1998; p 5). Frequently divisions between recreation disability or differently abled sports leagues and highly competitive leagues may be seen as is the trend of a more encompassing definition of sports and leisure.

SPECIAL OLYMPICS: "a world wide movement for athletes with mental retardation...athletes may have a second disability, but the major eligibility is mental retardation" (Sherrill, 1998, p32). The games have changed their philosophy over the past 30 years shifting from an "everyone's a winner" motto to the trend of handing out participation ribbons in recognition of an athlete's participation and accomplishment. However, the emphasis on awards for participation is a significant departure from the highly specialized and competitive model of the Paralympics. Because of this, some Paralympic athletes do not feel that they are significantly acknowledged for their skills and training when the common mistake of referring to the Paralympics as the Special Olympics occurs. It should be noted that there is a European founded organization, the International Sports Federation for Persons with Mental Handicapp which officially represents the condition of mental retardation within the Paralympic movement (Sherrill, 1998).
SPORT: sport is defined by Giddens(1977) and Sage (1987) as a cultural phenomenon or a reflection of society. Many however, argue that such sport has been exclusive in the society in which it reflects, therefore limiting access to all persons who desire participation (Bonace, Karwas, DePauw, 1992). Coakley (1998) further defines sports as "internalized competitive activities that involve physical exertion or the use of relatively complex physical skills by individuals whose participation is motivated by a combination of personal enjoyment and external rewards."(p.19).

SPORT CLASSIFICATION: "an assessment and programming system based on functional and/or medical capabilities used to assign athletes to events or heats that provide optimal success in competition. Classification is the major adaptation that separates disability sport from AB (able bodied) sport" (Sherrill, 1998, p33).
SPORT CHAIR: a wheelchair utilized by an athlete for his or her given sport. Although disability or different ability sport was far less specialized during its inception (it was not unusual for an athlete to compete in 4 or 5 events in earlier competitions), the current Paralympics and parallel competitions are highly elite and specialized in a manner similar to the Olympic games. During the aforementioned period of less specialized competition, most athletes (for example the veterans who played basketball just following World War II) used their everyday medical chairs for competition. These chairs were often rigid, and bulky and as disability sport progressed, the athletes themselves began adapting their chairs to fit a given sport. Now it is the norm to have a given chair for a given sport because of that sports highly specialized needs. For example, basketball and tennis wheelchairs frequently have increased "camber" and "valance" which refers to the tilting of the wheelbase to provide a better turning radius whereas a three wheeled track chair is designed for fast forward propulsion, but has minimal turning mobility. The need to acquire such individual chairs is a costly proposition for athletes. Sometimes sports organizations and recreation centers offer lending programs since few insurance policies will reimburse for such chairs. Another common trend is for high level, elite athletes to seek sponsorship, particularly from wheelchair manufacturers. You may want to visit the links page for more information on wheelchair vendors.


BACK TO DISABILITY/DIFFERENT ABILITY SPORTS HOMEPAGE
*Written by Amy McBride, A.P.E. Specialist, Occupational Therapist, Ph.D. student, Texas Woman’s University.

Please reprint only with permission of the author ...lilrar22@hotmail.com
Home Page:-

http://www.twu.edu/inspire/Disability%20Sport/a_history_of_disability_or_diffe.htm

EDUCAÇÃO ESPECIAL - Artigos atualizados para consulta do site PEDAGOGO BRASIL

Fique atualizado sobre a EDUCAÇÃO ESPECIAL efetuando a leitura de Artigos sobre EDUCAÇÃO ESPECIAL publicados no site excelente do PEDAGOGO BRASIL :
http://www.pedagobrasil.com.br/educacaoespecial/educacaoespecial.htm

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

PROFESSOR SERGIO CASTRO É HOMENAGEADO PELA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO COM UMA MOÇÃO.

O Professor MSc SERGIO JOSE DE CASTRO foi homenageado pela Assembléia Legislativa do Estado do Rio de janeiro (ALERJ), atrvés de ato do Deputado Estadual BERNARD RAJZMAN( Ex-Ministro dos esportes do Governo Collor), com uma Moção de Aplauso pelos relavantes serviços prestado ao Estado.

Professor Msc SERGIO CASTRO inaugura ESCOLA ESPECIAL em Araruama (RJ)

O Professor Sergio Castro inaugurou a primeira escola Especial da Região dos Lagos . O Centro de Desenvolvimento Especial Lagos ( CEDEL) è uma das Escolas mais completas para atendimento das Necessidades Educativas Especiais (PNE) para pessoas com aquele tipo de necessidade.O Centro possui instalações especializadas, Enfermaria, Piscina, local para esportes, Sala de Recursos, Sala de Musicoterapia alé de salas de aulas com quadros brancos, ar condicionado e ventiladores de teto.

Professor MSc SERGIO Castro é homenageado pela Camara Municipal do Rio de Janeiro com a comenda do Mérito Panamericano

O Prof Msc SERGIO JOSE DE CASTRO , da Universidade Estácio de sá foi agraciado pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro, atraves de proposição do Vereador Dr Carlos Eduardo, com a MEDALHA DO MÉRITO PANAMERICANO.

PROF MSc SERGIO CASTRO MINISTRA AULAS DE ACESSIBILIDADE PARA ATRIZ DO SERIADO MALHAÇÃO DA REDE GLOBO DE TELEVISÃO


O professor Sérgio Castro, da Universidade Estácio de Sá (RJ) foi convidado e aceitou o convite da Rede Globo de Televisão para ministrar aulas de acessibilidade à atriz do seriado MALHAÇÃO. Aproveitando a oportunidade, o Professor Sergio atuou como arbitro de uma partida de BAsquetebol da qual participaram os atores e atrizes da seriado.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

ENTREVISTA DO PROF SERGIO CASTRO NO PROGRAMA DO JÔ, DA REDE GLOBO















Entrevista do Professor SERGIO CASTRO, no Programa do Jô, ocasião na qual foram demonstradas atividades paraesportivas com anões, nas modalidades de FUTEBOL, BASQUETEBOL e ATLETISMO, realizada nos estúdios da Rede Globo de São Paulo.

ENTREVISTA AO JORNAL NACIONAL DA REDE GLOBO

Entrevista ao JORNAL NACIONAL, da Rede Globo sobre a Federação de Basquetebol em Cadeira de Rodas do Estado do Rio de Janeiro(FBCRERJ). VÍDEO ANEXO.

C:\Documents and Settings\wwwwinxp\Desktop